Onde comem os Chefs: Chef José Avillez On Lisbon

Quando em Lisboa, não há ninguém melhor para guiar as suas explorações culinárias do que o Chef José Avillez

Pratos coloridos, marisco fresco, sabores luxuosos... Atualmente a culinária portuguesa está muito em voga na cena mundial. E que sítio melhor para experimentá-la do que Lisboa, onde um panorama culinário diverso é a prova de que existe mais comida portuguesa para além de frango com picante? Na primeira das nossas séries Where Chefs Eat, recorremos à ajuda do Chef José Avillez, o homem por detrás de seis restaurantes em Lisboa – Belcanto, Bairro do Avillez, Mini Bar, Cantinho do Avillez, Café Lisboa e Pizzaria Lisboa – para dar-nos algumas dicas preciosas sobre os seus locais epicuristas favoritos na cidade, e o que devemos experimentar ao visitá-la.

Como é que a sua vida em Lisboa e a sua educação em Cascais o inspiram como chef?

Eu cresci em Cascais, perto do mar e rodeado de pinhais. A lembrança de estar perto do mar é forte, e faz parte de mim. É algo que me define. Pinhões e codium (uma alga marinha) são alguns dos sabores que me fazem lembrar a minha infância. Lembro-me de comer salicórnia, uma planta que cresce na praia, em criança. Hoje em dia, uso-a frequentemente nas minhas receitas. Quando cresci, apaixonei-me por Lisboa, uma cidade mágica que já foi capital do mundo. A inspiração que recebo da história, da energia, dos artistas, das paisagens, das pessoas e do rio é incrível.

O que acha que torna o panorama culinário local tão emocionante?

Lisboa é um ótimo destino para amantes de gastronomia. A cozinha portuguesa é extremamente rica e variada, e temos produtos de qualidade elevada. Para mim, os melhores ingredientes são o peixe e o marisco fresco da costa portuguesa – acho que o nosso peixe é o melhor do mundo. Chefs locais talentosos estão a abrir restaurantes com comida deliciosa e variada, e isso está a dar mais visibilidade à comida portuguesa.

Se um visitante quiser experimentar a cozinha portuguesa em Lisboa, que locais lhe recomendaria e o que deveria ele pedir?

Queijos e enchidos na mercearia tradicional Manteigaria Silva; “Mergulho no Mar” (um prato de robalo com algas e bivalves) no Belcanto; camarões gigantes no Bairro do Avillez; e um Pastel Lisboa (um dos melhores pastéis de carne picada que alguma vez irá provar) ou um Pastel de Nata no Café Lisboa. Para uma sobremesa inesquecível, experimente a Citrinos e doce de ovos no Belcanto.

Existe algum restaurante secreto em Lisboa que as pessoas deveriam conhecer?

Os restaurantes que eu recomendaria não são propriamente secretos, mas são os meu preferidos. A Taberna da Rua das Flores é um restaurante pequeno e informal que serve comida tradicional portuguesa e recria o espírito de uma taberna portuguesa antiga. O menu está escrito num quadro porque muda com muita frequência. O Gambrinus é ótimo para um petisco tardio – adoro ir lá e sentar-me ao balcão depois de ir ao teatro.

 

Lisboa abriga muitos restaurantes de alta gastronomia. Se tiver visitas de amigos ou familiares, onde os leva se quiser realmente impressioná-los?

Belcanto, o único restaurante em Lisboa com duas estrelas Michelin, onde podem encontrar o melhor da cozinha portuguesa. Também os levaria ao Páteo no Bairro do Avillez para que provassem o melhor peixe e o melhor marisco; ou ao Mini Bar, um restaurante com um conceito único em Lisboa onde podem viver experiências gastronómicas variadas cheias de sabor, surpreendentes e divertidas. A que sítios vai quando sente necessidade de comer um doce?

Eu adoro um bom Pastel de Nata, mas não demasiado doce. Gosto de comer um Pastel de Nata do Café Lisboa e do Taberna no Bairro do Avillez (é sempre servido quente). Às vezes também vou à pastelaria Bénard no Chiado de manhã.

Onde compra os seus ingredientes em Lisboa?

Vou ao Mercado da Ribeira comprar fruta fresca, vegetais e peixe; à Manteigaria da Silva comprar queijo, enchidos, bacalhau salgado, fruta desidratada e afins; ou à Vida Portuguesa, uma das lojas mais bonitas e originais em Lisboa. A Vida Portuguesa nasceu de uma investigação feita pela jornalista Catarina Portas sobre produtos portugueses antigos que ainda são feitos localmente. Vou lá muitas vezes. Compro presentes e muitas coisas para os meus restaurantes. Por exemplo, comprei várias formas de pudim que usamos no Cantinho do Avillez como cesto de pão.

Ofertas

Ler mais

Stay Longer

Stay Longer

Fique mais tempo no Corinthia Lisbon e desfrute de mais uma noite connosco.

Ler mais

Ler mais

Family Escape

Family Escape

Os pequenos extras ficam por nossa conta, com dias fabulosos de aventuras incluindo descontos nas entradas para o Jardim Zoológico de Lisboa e utilização da nossa piscina.

Ler mais

Ler mais

Suite Life

Suite Life

Sabemos que são as pequenas coisas que tornam a vida especial, e essas ficam por nossa conta quando escolher esta oferta

Ler mais

Saiba Mais